PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Vereadores pedem intervenção da Prefeitura no transporte

Ponta Grossa

12 de abril de 2021 17:30

Rodolpho Bowens


Relacionadas

Carro é atingido por trem na entrada da Vila Borato

Jovem é preso por tráfico de drogas na região da Chapada

Restaurantes de PG participam do Festival Brasil Sabor

Homem é preso com simulacro de arma em Ponta Grossa
Motociclista fica ferido após colisão em Uvaranas
Aliel visita a Prolar e discute ações para novas moradias
Deputado e vereador visitam Secretaria de Segurança de PG
Todos os vereadores presentes votaram a favor da moção de apelo. Foto: Divulgação/CMPG
PUBLICIDADE

Serviço público está funcionando com 50% da frota, após decisão judicial; funcionários seguem sem receber salários

A Câmara Municipal de Ponta Grossa (CMPG) aprovou, na tarde desta segunda-feira (12), a Moção de Apelo nº 111/2021, a qual pede a intervenção da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) no transporte público coletivo da cidade, “tendo em vista a interrupção do serviço por parte da empresa”, no caso da Viação Campos Gerais (VCG). Todos os parlamentares presentes aprovaram a moção. As atividades do transporte retornaram com 50% da frota de ônibus na última sexta-feira (9), mesmo com a indefinição do pagamento dos salários dos funcionários da concessionária.

Os vereadores que apresentaram a moção foram: Edelmar Pimentel (PSB), Geraldo Stocco Filho (PSB), Izaías Salustiano (PSB), Joceméuri Corá Canto (PSC), Josiane Schade Kieras (PSOL) e Julio Francisco Schimanski Kuller (MDB). De acordo com o documento apresentado, a moção pede a intervenção no serviço de transporte público coletivo, pois a VCG “deixou de efetuar o pagamento dos salários de seus empregados, o que ocasionou a justa greve por parte dos motoristas e cobradores”.

Além disso, eles ressaltam uma “nota lançada pela empresa concessionária na imprensa local, onde declara que deixará de prestar os serviços e exige que o Município subsidie a empresa por supostas dívidas contraídas” a partir da pandemia da covid-19. Segundo o vereador Julio Kuller, durante a ‘Sessão Ordinária’ desta segunda (12), “não podemos ficar de olhos fechados com o que está acontecendo”, afirma o parlamentar.

Audiência de conciliação

A Audiência de Dissídio sobre o transporte público de Ponta Grossa terminou sem um acordo entre as partes na manhã desta segunda-feira (12). A audiência aconteceu de modo remoto e reuniu representantes da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG), Viação Campos Gerais (VCG), Sintropas e foi mediada pelo desembargador Célio Horst Waldraff, do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª região.

Mais informações sobre a conversa clicando aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados