PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Dia do Imigrante propicia estudos 'juninos' em Carambeí

Vamos Ler

20 de julho de 2021 15:35

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Aula em Castro sobre 'Dia da Árvore' explora as araucárias

Alunos de Irati coletam resíduos em ação de combate à dengue

Combate às drogas é tema de conscientização em Jaguariaíva

Roda de debate em Fernandes Pinheiro aborda a pobreza
'Dia da Árvore' tem mudas para plantio de alunos em Ipiranga
Trabalho em Jaguariaíva alerta para relevância da saúde bucal
Alunos de Jaguariaíva estudam e debatem sobre queimadas
PUBLICIDADE

Unindo a data comemorada no dia 25 de junho, as festas juninas e obras do artista Alfredo Volpi, 5º ano C da Escola Professora Fátima Augusta Bosa desenvolveu amplas atividades

O 5º ano C da Escola Municipal Professora Fátima Augusta Bosa, em Carambeí, pôde desenvolver amplas atividades voltadas ao Dia do Imigrante, ao artista Alfredo Volpi e às festas juninas. A professora da turma, Mafalda Fernandes Marcondes, comenta como foram realizados os trabalhos junto aos alunos.

“Antes do recesso escolar neste mês de julho, foi desenvolvido o projeto de Arte pela professora, sobre o pintor ítalo-brasileiro Alfredo Volpi, com objetivo de comemorar o Dia do Imigrante, 25 de junho, e as tão esperadas festas juninas”, destaca a docente, contextualizando a vida de Alfredo Volpi (conforme você pode conferir no blog escolar da instituição de ensino).

Como atividade, a professora pediu que os alunos fossem os artistas: desenhassem fachadas e, depois, incluíssem nestes locais a bandeirinhas, a exemplo de Alfredo Volpi em suas obras. Outras opções incluíam, também, assistir ao vídeo postado no grupo da turma, para realizar a atividade; recortar as bandeirinhas, decorando, desenhando e pintando; além de colar as bandeirinhas em outra folha para representar as ações do artistas.

Para complementar, Mafalda cita, também, a grande imigração ocorrida no Brasil. “Nossa cidade também teve a participação dos imigrantes na sua formação, basicamente os holandeses, portugueses, italianos, alemães, e foram os primeiros habitantes de Carambeí”, conclui a professora.

Acesse o blog escolar da Escola Professora Fátima Augusta Bosa clicando aqui.

PUBLICIDADE

Recomendados