Hotelaria começa a sentir efeitos dos protestos nas rodovias | aRede
PUBLICIDADE

Hotelaria começa a sentir efeitos dos protestos nas rodovias

Entre 31 de outubro e 3 de novembro, cerca de 50% das reservas foram canceladas, gerando diversos prejuízos ao setor no município

Entidade turística espera que o trânsito seja reestabelecido e as atividades possam normalizar
Entidade turística espera que o trânsito seja reestabelecido e as atividades possam normalizar -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A hotelaria de Ponta Grossa já começou a sentir os efeitos dos bloqueios nas estradas ocasionadas pelos protestos relacionados ao resultado das eleições 2022.

Dados reunidos pelo Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau mostram que entre 31 de outubro e 3 de novembro, cerca de 50% das reservas foram canceladas, gerando diversos prejuízos ao setor.

A expectativa dos gestores é que a partir de sexta-feira, após o feriado e pronunciamento do atual presidente, as reservas se normalizem.

A entidade turística ressalta estar acompanhando os dados do setor e espera que o trânsito seja reestabelecido e os visitantes de negócios e lazer possam retornar à Princesa dos Campos Gerais.

As informações são da assessoria de imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE