5 soft skills que o profissional de marketing deve ter

Ponta Grossa

27 de novembro de 2020 10:19

Da Redação


Relacionadas

Elizabeth Schmidt se reúne com vereadores aliados

Região de PG tem o melhor desempenho do comércio

Prefeitura de PG afasta secretário com a covid-19

PG ultrapassa os 17 mil casos de Covid
Tânia Sviercoski quer trabalho preventivo contra violência
Prefeitura de PG fiscaliza 439 estabelecimentos em operação
PG licita R$ 1,4 mi em asfalto; Veja as ruas contempladas
O profissional deve focar em sempre aprender Foto: Pixabay
PUBLICIDADE

O profissional que atua nesta função precisa ter conhecimento, adquirido na formação acadêmica, na experiência prática e na capacitação constante

 

O marketing tornou-se uma área-chave dentro da estratégia das empresas dispostas a conquistarem uma fatia no mercado. O profissional que atua nesta função precisa ter conhecimento, adquirido na formação acadêmica, na experiência prática e na capacitação constante.

Para se sobressair, no entanto, é necessário ir além e desenvolver competências na área de inteligência emocional que podem fazer diferença, como habilidades para lidar nas relações interpessoais. As soft skills, como são chamadas essas aptidões, são subjetivas, difíceis de avaliar e não podem ser praticadas pela tecnologia.

No ramo do marketing, desenvolver essas destrezas ganhou o significado de busca constante por novas atitudes. O profissional deve focar em sempre aprender, adaptar-se e não só estar aberto às mudanças, como também colocá-las em práticas. Entre as várias soft skills valorizadas no mercado de marketing atual, cinco delas podem levar o profissional ao aperfeiçoamento.

Criatividade

Todos os colaboradores que trabalham no marketing precisam ser criativos, não apenas os que exercem funções ligadas à criação na agência ou no departamento. Criatividade é ter a capacidade de estabelecer conexões que os levam a visualizar diferentes cenários para as situações e ir além do que já foi feito.

Especialistas orientam a buscar diferentes experiências de vida, a explorar a curiosidade e sempre estar atento às referências da própria vida e do que faz parte da sociedade atual. Desta forma, o profissional terá um repertório mais amplo para encontrar os caminhos para construir a mensagem que vai atingir diferentes públicos.

Empatia

É ter a sensibilidade de saber se colocar no lugar da outra pessoa: seja dos integrantes da própria equipe, dos clientes ou dos consumidores a serem alcançados. Entender os valores que movem o público com o qual se interage e como estabelecer um contato que gere uma relação positiva.

No caso da atuação digital, a empatia também reside em pensar como a audiência vai reagir diante de determinada campanha, tornando-a mais objetiva e menos ambígua. Ao ponderar sobre as consequências possíveis, abre-se o campo para aperfeiçoar a mensagem e torná-la a mais adequada conforme a estratégia definida.

Resiliência

Na Física, resiliência é a propriedade que determinado objeto tem de voltar à sua forma original após sofrer alguma deformação elástica. No dia a dia, popularizou-se como sinônimo de saber lidar com problemas ou situações adversas, adaptar-se a mudanças e resolver quando surge um obstáculo.

Em um cenário instável, como o causado pela pandemia do novo coronavírus, o profissional deve perceber o que mudou e como agir neste novo contexto para melhor atender aos clientes. Além disso, precisa entender que nem sempre se vence no competitivo mercado do marketing, no entanto, novas chances de se fazer o melhor trabalho vão surgir.

Atualização constante

A disponibilidade e a curiosidade para buscar novidades que podem ajudar no melhor desempenho também são bem cotadas no mercado. Leituras, workshops, pesquisas levam ao refinamento do repertório pessoal, tornando-se diferenciais que outros profissionais não terão.

Buscar um curso de Marketing que aprofunde temáticas ou aborde novos pontos de vista é um caminho para quem quer, mais do que estar preparado, antecipar as demandas que vão surgir com a inserção cada vez maior da tecnologia na rotina de vida e trabalho na sociedade.

A tecnologia traz várias possibilidades de crescimento, como buscar novas oportunidades, como curso de programação, de SEO, de métricas e análise de dados. Aperfeiçoamentos do tipo tornarão o profissional capaz de interpretar dados e antecipar tendências, o que fundamenta decisões que tragam a performance adequada.

Senso de colaboração

O profissional de marketing deve saber influenciar, liderar e convencer que as ideias fazem sentido e que podem resultar em uma estratégia bem sucedida para o cliente. Isso começa com o trabalho de envolver a equipe no projeto. A colaboração é a pavimentação ideal do caminho para obter resultados.

Em um grupo que se respeita, que sabe trabalhar junto, onde há ajuda mútua e todos aprendem, o processo não só é otimizado como se desenrola com maior qualidade. Auxiliar inspira apreço entre todos, algo que não pode ser obrigado ou imposto.

 

 

PUBLICIDADE

Recomendados