Oficinas tem 1º caso de transmissão comunitária

Ponta Grossa

26 de maio de 2020 14:17

Da Redação


Relacionadas

Prolar busca alternativas para implantar projetos

UEPG abre inscrições para Vestibular EaD neste sábado

Guarda Municipal interdita pista de skate em Oficinas

Batida entre carro e moto deixa ferido na Carlos Cavalcanti
GM prende rapaz com cocaína, maconha e ecstasy
Gestante fica ferida após batida no Jardim Paraíso
Prefeito promete interditar pista de skate em Oficinas
Bairro de Oficinas registrou primeiro casos de transmissão comunitária Foto: Ponta Grossa doAlto.net
PUBLICIDADE

A paciente entrou como caso confirmado na semana passada no Boletim Municipal Oficial

A Prefeitura Municipal, através da Fundação de Saúde (FMS), informa que o município registrou o primeiro caso de transmissão comunitária de Coronavírus, Covid -19, em Ponta Grossa, na região de Oficinas. A paciente entrou como caso confirmado na semana passada no Boletim Municipal Oficial. Ela estava sendo monitorada pela equipe de epidemiologia e seu histórico estava sendo rastreado. Hoje ela já está como paciente recuperada.

A paciente teve contato com outras duas pessoas e estas continuam sendo acompanhadas pela Epidemiologia, recebendo contato telefônico diário para obter informações a respeito do quadro e sua evolução. Os pacientes encontram-se em casa em estado estável, realizando isolamento domiciliar. Ambos também já foram contabilizados como caso confirmado no Boletim Municipal Oficial da semana passada.

A FMS destaca que é considerado transmissão comunitária casos em que não é possível estabelecer qualquer vínculo com outros pacientes suspeitos ou confirmados e nem conta com histórico de viagem para regiões com casos registrados. A partir de agora será necessário redobrar as medidas de precaução.

“É importante redobrar as medidas de precaução e reforçar à população que o cenário de contaminação comunitária traz agora o cuidado com os ambientes, ou seja, a população não está sujeita à contaminação só em contato com outras pessoas. O vírus está circulando também pelos ambientes, nesse caso, você pode se contaminar ao entrar numa localidade onde um paciente assintomático esteve e deixou, por exemplo, o vírus em cima do balcão, em um pacote de pão, nas frutas, em um objeto de um determinado local, na maçaneta de uma porta. É muito importante as pessoas focarem no hábito de lavar a mão, de higienizar os produtos que levam para suas casas, de evitar entrar em casa com a roupa que veio da rua”, destaca o secretário adjunto de saúde, Dr. Rodrigo Daniel Manjabosco.

Neste momento a PMPG está reforçando as orientações aos funcionários que trabalham diariamente em contato com a população. A FMS tem tomado todas as medidas necessárias de acordo com o protocolo vigente do Ministério da Saúde.

“Este é o momento de reforçar as medidas preventivas, a utilização de máscaras e principalmente o isolamento social. Percebemos que muitas pessoas não assimilaram que o isolamento social inclui o isolamento familiar, pois percebemos, durante nossos monitoramentos, que algumas pessoas pensam que isolar é apenas não ir no parque, não ir ao shopping, em uma loja, por exemplo, mas é mais que isso, é deixar de fazer reunião familiares, é deixar de encontrar outras famílias no final de semana, pois este ato também gera a disseminação do vírus, precisamos, ainda mais, tomar todos os cuidados”, explica a coordenadora de epidemiologia, Caroliny Stocco. 

Definição de casos 

Importado: Caso confirmado, com histórico de viagem nacional ou internacional, nos últimos 14 dias antes do início dos sintomas. 

Local: Caso confirmado, com vínculo epidemiológico a um caso confirmado identificado. 

Comunitário: Caso confirmado, sem vínculo epidemiológico a um caso confirmado.

PUBLICIDADE

Recomendados