Oferta aRedeShopping
PG é apenas a 23ª cidade em recursos oriundos da União

Ponta Grossa

22 de maio de 2020 20:10

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Homem é detido após tentar furtar Nutella em hipermercado

Condutor perde controle de veículo e colide com poste

Mara Braun traz noticias do agro no 'Campos Gerais Rural'

Condutor de veículo fica ferido após colisão na Ronda
Prefeitura confirma mais dois casos de coronavírus em PG
Mulher é detida por tráfico na Vila Rubini
Caminhão capota próximo ao viaduto do Santa Terezinha
Aplicação dos valores depende de PL a ser aprovada na Câmara Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Verbas para o combate à Covid-19 no município é de R$ 866 mil. Painel do Ministério Público mostra valores em todo o Paraná

Em razão do coronavírus, o governo federal liberou R$ 275.412.694,34 diretamente para os municípios paranaenses, recurso que deve ser destinado a ações de contingenciamento da doença nas cidades, como infraestrutura para unidades de saúde, transporte e contratação de médicos, compra de exames e cestas básicas para a população, entre outras medidas.

Para garantir transparência na gestão desse e de outros orçamentos vinculados à pandemia, o Ministério Público do Paraná lançou o “Painel Covid-19”, sistema que permite o acompanhamento de licitações e valores dirigidos ao controle do coronavírus em cada município do estado.

Segundo os promotores responsáveis, o serviço também deve passar a contar com informações sobre recursos estaduais, a partir de números oferecidos pelo Estado. “Estamos em tratativas finais para conseguir mais esses dados”, conta Busatto. “Nossa intenção é atualizar a ferramenta pelo menos uma vez por semana e seguir aperfeiçoando o canal, inclusive a partir do retorno dos usuários do sistema”, afirma o promotor.

Chama a atenção, nos dados do ‘Painel Covid-19’ os recursos enviados para Ponta Grossa até o momento: R$ 866.948.25 transferidos da União para o município. O montante coloca a cidade que tem a quarta maior população do Paraná, apenas na 23ª posição de recursos recebidos até o momento. Curitiba lidera com um valor acima de R$ 145 milhões – com uma distância considerável para Londrina, segunda que mais teve recursos da União, com R$ 21 milhões.

Outro ponto é que cidades como Umuarama, Pato Branco, Campo Mourão, Francisco Beltrão, Araucária, Cianorte, Arapongas, Cambé, Paranavaí, Castro, Fazenda Rio Grande e Piraquara também receberam mais que Ponta Grossa. Segundo a assessoria da Prefeitura, o valor já chegou, carimbado para a aplicação exclusiva no enfrentamento à Covid-19.

“Sua aplicação depende de abertura orçamentária, por se tratar de uma ação de governo que não estava contemplada na Lei Orçamentária Anual (LOA 2020). Nesse momento, está sendo finalizado o PL de abertura orçamentária para votação na Câmara de Vereadores. O recurso deve ser aplicado na aquisição de insumos e equipamentos no enfrentamento à pandemia”, destaca a Prefeitura.

Painel

O “Painel Covid-19” é abastecido com informações da Controladoria-Geral da União – que repassa os dados referentes aos recursos que vão para os municípios – e do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, que informa a respeito das licitações e dispensas de licitação. Os procedimentos licitatórios citados na plataforma não são obrigatoriamente relacionados aos subsídios federais (há processos executados com verba estadual e ainda outros com recursos municipais). Em comum, todos tem relação com as medidas de contenção à pandemia.

Com informações do Ministério Público do Paraná.

PUBLICIDADE

Recomendados