Oferta aRedeShopping
Carreata religiosa lotou o Lago de Olarias no final de semana

Ponta Grossa

07 de abril de 2020 16:39

Afonso Verner


Relacionadas

Apoio a torneio de taekwondo rende homenagem à Prefeitura

PG possui 151 Pontos de Entrega Voluntária

Família de Cíntia diz que 'justiça foi feita'

Professor salva cachorro do ataque de cães Pitbull
Cão de faro ajuda na prisão de suspeito de tráfico em PG
Vítimas pedem socorro e testemunhas detêm assaltante
Choque e PRF apreendem caminhão cheio de cigarros
PUBLICIDADE

Diante de uma brecha na legislação, local recebeu carreata organizada pelas redes sociais

Convocada pelas redes sociais, o evento ‘Mover Profético por Ponta Grossa’ lotou o Lago de Olarias, em Ponta Grossa, na noite do último sábado (3). Apesar das restrições diante da pandemia e de um decreto proibir a realização de eventos esportivos e recreativos no Lago, o evento levou uma multidão até o local. O caso gerou polêmica nas redes sociais. 

Nas redes sociais, os organizadores destacavam que os participantes deveriam ficar ao lado dos próprios carros e evitar o contato com os outros participantes. Fontes consultadas pelo portal aRede informaram que houve danos às obras realizadas no local, diante do excesso de veículos, no entanto a Prefeitura de Ponta Grossa informou, através da assessoria, que  a Secretaria de Meio Ambiente não registrou nenhum dano no local.

Brecha na legislação

Na prática, o evento utilizou de uma brecha na legislação. Os primeiros decretos assinados pelo prefeito Marcelo Rangel (PSDB) proibiam a atividades religiosas com aglomeração, como missas e cultos. No entanto, a carreta buscou ‘separar’ os participantes. 

Por sua vez, o decreto que proibia eventos no Lago de Olarias trata de atividades desportivas e de lazer e não trata de ações religiosas no local. 

PUBLICIDADE

Recomendados