Palmeira teve melhor cobertura vacinal da Regional de Saúde

Campos Gerais

02 de julho de 2020 20:30

Da Redação


Relacionadas

Barreiras sanitárias de Castro já fizeram 229 mil abordagens

Tibagi já realizou mais de 350 testes rápidos de Covid-19

Mulher de 58 anos é segunda vítima da covid-19 em Palmeira

Estado abre 250 vagas para área da saúde
EPIs são repassados a Guardas Municipais do Paraná
Jovem envolvida no caso Daniel é presa com drogas em Curitiba
Carro e caminhão batem de frente e motorista morre
Município atingiu a marca de 112,7% de cobertura vacinal contra a gripe Foto: Agência Estadual de Notícias
PUBLICIDADE

Município atingiu a marca de 112,7% de cobertura vacinal contra a gripe

Foi encerrada na terça-feira (30) a Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe. Palmeira obteve um resultado bastante expressivo, atingindo a marca de 112,7% de cobertura vacinal, ultrapassando em mais de mil doses a meta estabelecida, que era de 8.119. Ao todo, 9.150 pessoas receberam vacinação no município.

O grupo que atingiu a maior porcentagem de cobertura vacinal foi o de pessoas com comorbidades, com 157,17%. Também ultrapassaram 100% os grupos de puérperas, trabalhadores de saúde, idosos e população privada de liberdade. Ficaram acima da meta mínima de 90% os grupos compostos por crianças e adultos de 55 a 59 anos.

O grupo com pior cobertura vacinal foi o das gestantes, porém, de acordo com dados da Secretaria de Saúde, o número de pessoas pertencentes ao mesmo estava superestimado. “A campanha apresentou a meta de vacinar 332 pessoas, porém de acordo com o Relatório de Estratificação de Risco – Gestantes, temos um total de 243 gestantes cadastradas em Palmeira. Assim, 225 gestantes foram vacinadas, o que representa uma cobertura real de 92,59% e não 67,77% como aparece nos resultados do Vacinômetro”, esclareceu Conceição.


Servidores de escolas e população em geral

A partir desta quarta-feira (1º) até sexta-feira (3º) a Campanha de Vacinação passa a atender servidores de escolas públicas e privadas, e a partir de segunda-feira (6), as doses serão destinadas à população em geral.

Merendeiras, serviços gerais e administrativos das escolas públicas e privadas do município, devem procurar a sua Estratégia de Saúde da Família (ESF) de referência para receber a dose da vacina. Além da carteira de vacinação e documento com foto, também é necessário apresentar uma declaração, a qual será fornecida pelo estabelecimento de ensino.

Já a partir da próxima semana, a população em geral também poderá receber as doses contra a gripe. Basta comparecer na sua ESF de referência portando carteira de vacinação e documento com foto, e solicitar a vacina. As doses ficarão disponíveis enquanto durarem os estoques.

Apesar de a vacinação ficar aberta à população em geral e não somente aos grupos prioritários, as pessoas que fazem parte de algum dos grupos abrangidos na Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e que ainda não tenham recebido sua dose de vacina, podem procurar sua unidade de saúde de referência para ser vacinada.


Centro de Vacinação

Para auxiliar e agilizar o processo de vacinação da população, além de evitar aglomerações nas ESFs, a partir do dia 6 a Secretaria Municipal de Saúde irá disponibilizar um Centro de Vacinação. Uma estrutura será montada no Ginásio de Esportes Durval Antônio de Freitas e contará com equipamentos e profissionais disponíveis para realizar a aplicação de vacinas.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados