Industriais da região estão otimistas para 2020

Campos Gerais

10 de dezembro de 2019 18:47

Fernando Rogala


Relacionadas

Pandemia derruba faturamento de 67% das empresas na região

Telêmaco Borba soma seis candidaturas à Prefeitura em 2020

Aliel entrega veículos para APAE e Asilo de Imbituva

Arrecadação federal cresce 17,4% na região em agosto
Ratinho e Sloboda entregam 1º Condomínio do Idoso nesta quinta
Ex-vereador acusado de tentativa de homicídio não está foragido
Prorrogadas inscrições para oficinas do Projetando Cidades
Números do estudo, realizado anualmente pela Federação da Indústria do Paraná, foram apresentados em evento nesta terça Foto: Gelson Bampi/FIEP
PUBLICIDADE

Cerca de 80% dos empresários têm boas perspectivas para o próximo ano. Mais de 82% querem fazer investimentos


Empresários paranaenses e dos Campos Gerais estão, em sua maior parte, otimistas para 2020. É o que aponta a pesquisa anual da Fiep sobre práticas e expectativas dos industriais para o próximo ano. O levantamento mostrou que 80% dos empresários estão com boas perspectivas, o segundo maior valor desde 2013, atrás apenas dos 81% esperados no ano passado para 2019. A mostra coletada representa 50,8 mil estabelecimentos industriais de todos os portes (micro, pequena, média e grande) e de 37 segmentos, que geram 765 mil empregos no estado.

Para o presidente da Fiep, Carlos Valter Martins Pedro, o alto nível de otimismo se deve às mudanças de rumo na condução da política econômica do país, que abrem espaço para uma retomada do crescimento. “O Brasil tem um grande mercado e nós, da indústria, estamos sempre dispostos a explorar cada vez melhor e de forma mais efetiva esse mercado”, afirma. “A indústria do Paraná é forte, diversificada, com indústrias em todo o Estado, e a nossa esperança é bastante boa com as ações do novo governo. Isso tem se refletido em otimismo para investimentos, renovação de equipamentos e processos produtivos mais eficazes”, completa. 

O economista da Fiep, Evânio Felippe, destaca que mais de 82% dos empresários pretendem realizar aportes em 2020. “O percentual neste quesito é 20% maior do que o registrado entre as empresas que efetivamente investiram este ano. Isso é um fator positivo porque para se manter competitiva a indústria precisa retomar sua capacidade de investimentos”. 

Em 2019, 45% dos empresários informaram que o desempenho de sua empresa foi bom ou muito bom, mas mesmo assim 63% deles fizeram investimentos, sendo que uma parte representativa, 40%, fez o aporte para aumento da capacidade produtiva. “Isso é reflexo da atividade industrial. Ao se sentirem mais confiantes, fazem investimento, mesmo se não declararam com um desempenho bom ou muito bom”, informou ao JM e Portal aRede o economista, destacando que a indústria do Paraná teve o melhor desempenho no acumulado dos últimos 12 meses em âmbito nacional, com alta de 5,9%, segundo o IBGE.


Investimentos favorecem a região

De acordo com o economista da Fiep, os investimentos anunciados neste ano em Ponta Grossa e na região dos Campos Gerais, bem como os já instalados na cidade nos últimos anos, favorecem o ambiente de negócios, trazendo ainda mais otimismo e gerando mais oportunidades. “A medida que anúncios ocorrem, há impactos positivos para a região e estado em geral. Cria a perspectiva positiva e atrai a atenção para ver o que acontece nessa região, os motivos que levaram as empresas a investir, e isso impacta na receita, na renda, gerando crescimento e desenvolvimento”, conclui.

Com informações da assessoria


PUBLICIDADE

Recomendados