Moradores do Santa Maria reclamam de alta velocidade em via

Ponta Grossa

07 de agosto de 2020 22:30

Da Redação


Relacionadas

Hospital Municipal de PG recebe R$ 197 mil em equipamentos

Com 124 casos de covid-19, PG volta a bater recorde

PRF flagra cigarro paraguaio em caminhão de mudança

Motorista sem CNH e bêbado derruba muro em acidente
Trio invade residência em PG e uma pessoa é presa
PM acaba com festa com mais de 120 pessoas em PG
Táxi bate contra poste e motorista foge do local
Moradores do bairro Santa Maria reclamam de alta velocidade em via Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

A velocidade dos ônibus e caminhões da rua Codorna, vem gerando rachaduras nas paredes das casas

Os motoristas de ônibus não respeitam a velocidade na rua Codorna no Bairro Santa Maria em Ponta Grossa, segundo os moradores do local. A alta velocidade dos ônibus e também dos caminhões estão gerando inclusive rachaduras nas paredes das residências próximas a via.

“As paredes de nossa casa estão rachando. Tenho paredes do banheiro e a parede da sala com essas rachaduras”, comenta Daiane Golba, moradora da rua Codorna. Segundo a moradora, o problema se repete em outras casas da região. 

A solução que os vizinhos recomendam é a criação de uma lombada ou até mesmo um radar, para fazer os veículos diminuírem a velocidade, e assim, evitar a vibração constante nas paredes. Segundo os moradores, já foi feito um pedido a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT).

Procurado pela reportagem do portal aRede, a Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT) informa que estão avaliando a possibilidade de implantação de redutores de velocidade na região e, nos próximos dias, enviará técnicos ao local para verificar quais adequações podem ser implementadas para ampliar a segurança de motoristas e pedestres que trafegam pela via.

PUBLICIDADE

Recomendados