PG ganha destaque mundial por ações de proteção animal

Ponta Grossa

04 de julho de 2020 20:27

Da Redação


Relacionadas

Moradores do Santa Maria reclamam de alta velocidade em via

Rotary promove arroz carreteiro para ajudar entidades

Exportações de PG crescem em julho e somam R$ 3,15 bi em 2020

Câmara discute orçamento da Prefeitura de PG para 2021
Prefeitura afasta profissionais da saúde por Covid no PSM
Keyla Sanson descarta polarização e foca em gestão técnica
Bispo Dom Sérgio parabeniza Felipe Passos em live
Ponta Grossa foi selecionada entre mais de 120 iniciativas Foto: S. Hermann & F. Richter
PUBLICIDADE

Município figura entre as 10 cidades com melhores estratégias de proteção animal da América Latina segundo a organização World Animal Protection

Ponta Grossa é uma das dez cidades com melhores estratégias de proteção animal da América Latina. É o que aponta a World Animal Protection (WPA) , organização criadora do ‘Prêmio Cidade Amiga dos Animais’, iniciativa que analisa e reconhece práticas voltadas ao bem-estar dos animais no Brasil e na América Latina.

Selecionada entre mais de 120 projetos, a Prefeitura de Ponta Grossa é uma das seis do Brasil e a única dos Campos Gerais que integra as cidades ganhadoras da edição 2019 do prêmio.

“É com muita alegria que recebo a notícia de que Ponta Grossa é uma das 10 cidades da América Latina com as melhores iniciativas voltadas aos animais. O cuidado com os animais têm sido uma das nossas bandeiras e, por isso buscamos promover diversos projetos como o nosso Castramóvel, a Patrulha Animal, o Mapeamento de Animais Errantes, o Acompanhamento de Acumuladores entre tantas outras medidas para garantir uma cidade mais amigável e atenciosa com os animais”, destaca o prefeito Marcelo Rangel. “Nesse sentido, cabe ressaltar o grande trabalho das equipes da Prefeitura envolvidas em todo o processo, as instituições parceiras e toda a população, que abraçaram as iniciativas voltadas ao bem-estar animal e que tem sido responsáveis por uma grande mudança, que agora é reconhecida mundialmente pela sua importância”, completa Rangel.

 

Cidade Amiga dos Animais

Segundo a World Animal Protection (WPA), “o prêmio “Cidade Amiga dos Animais - melhores práticas no manejo humanitário de cães e gatos” - é uma iniciativa criada pelo programa “Animais em Comunidades” da Proteção Animal Mundial (WPA) com o objetivo de identificar e reconhecer as melhores estratégias usadas pelos governos locais da América Latina para lidar com as populações de cães e gatos”.

As iniciativas vencedoras são publicadas em um livro digital (e-book), distribuído gratuitamente nas plataformas digitais da World Animal Protection, em português e espanhol, para toda a América Latina e o mundo.

 

World Animal Protection (WPA)

A WPA é uma “organização global não governamental, sem fins lucrativos, com sede em Londres, que trabalha há mais de 50 anos para a proteção e o bem-estar dos animais.

Com 14 escritórios em todo o mundo e programas em mais de 50 países, atua em quatro frentes principais: animais de fazenda, animais em situações de desastre, animais em comunidades e animais silvestres.

A Proteção Animal Mundial é atualmente a única ONG internacional dedicada ao bem-estar dos animais com status consultivo junto à ONU, que trabalha em colaboração com a OIE e que possui representação entre as instituições europeias”.

 

Atividades desenvolvidas gratuitamente pelo município:

Castramóvel

O município de Ponta Grossa possui projetos e ações que visam a saúde tanto dos animais de rua quanto dos que possuem tutor, além de atividades que envolvem as zoonoses. O Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos tem como objetivo a castração de animais de tutores hipossuficientes economicamente. Além disso, o Castramóvel faz um trabalho complementar, castrando animais em situação de rua e colaborando com o projeto de acompanhamento de pessoas acumuladoras de animais.

 

Acompanhamento de Acumuladores

O projeto de acompanhamento dos acumuladores de animais e/ou de materiais inservíveis visa prestar atendimento e amparo para os munícipes que apresentam transtorno de acumulação e tutelam um número elevado de cães e gatos e que, devido à grande quantidade de animais, não conseguem proporcionar qualidade de vida a todos eles.

Entre as atividades desenvolvidas, a Prefeitura promove acompanhamento, orientação e auxílio das pessoas e dos animais.

 

Patrulha Animal

Em 2019 o serviço de resgate de animais em situação de rua recebeu a Patrulha Animal, uma ambulância adaptada para os atendimentos de animais que não possuem tutor, e que estejam em alguma situação de risco a vida. O objetivo é atender urgências e emergência, como atropelamentos e também de zoonoses.

As solicitações de atendimento são feitas através dos telefones do CRAR, da Coordenação de Zoonoses ou, no horário de plantão, via Guarda Municipal. Acionada equipe se desloca até o local onde o animal e coletado e levado ao CRAR.

 

CRAR

O Centro de Referência para Animais em Risco (CRAR), também conhecido antigamente como canil municipal, é um abrigo transitório para os animais coletados pela Patrulha Animal. As espécies mais atendidas são caninos, felinos e equinos. Eles recebem tratamento veterinário, os cães e gatos são castrados e todos os animais ficam disponíveis para adoção.

Em casos que o animal possui um responsável, mas foi constatado maus-tratos e há risco de morte, o mesmo é recolhido e permanece no CRAR e é disponibilizado para adoção responsável. Além de serem tomadas as medidas cabíveis por lei, em ação conjunta com a Guarda Municipal.

 

Saúde Coletiva

Além destes projetos, Ponta Grossa conta com o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva, que atualmente conta com 14 profissionais médicos veterinários que estão inseridos em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e outros setores. A iniciativa promove uma aproximação ainda maior da comunidade e contribui para a divulgação de informações referentes aos cuidados dos animais e o incentivo à adoção.

PUBLICIDADE

Recomendados