Em PG, Polícia Civil investiga sumiço e tortura de rapaz

Ponta Grossa

23 de junho de 2020 12:07

Afonso Verner


Relacionadas

Comércio de PG tem menor queda de vendas do PR

Zampieri questiona sobre contrato de terceirização da UPA

Começa hoje o Congresso Internacional de Direito Processual

Vinicius encaminha homenagem à gestão de parque
PG registra novo óbito por Covid e total chega em 15
Cescage terá debates importantes no Ciclo da Ciência
Sandro notifica Ecovia sobre tragédia na BR-277
PUBLICIDADE

Familiares informaram desaparecimento nesta segunda-feira (22) à Polícia Civil. Imagens de tortura do jovem têm circulado nas redes sociais

A Polícia Civil investiga o desaparecimento de um rapaz identificado apenas como Juliano - o sobrenome do jovem não foi revelado. O sumiço do jovem foi informado oficialmente às autoridades nesta segunda-feira (22) quando familiares registraram um boletim de ocorrência (BO). Imagens do jovem, que é usuário de drogas, sendo torturado têm sido compartilhadas nas redes sociais. 

A investigação é comandada pelo delegado Fernando Jasinski que falou sobre o caso (clique no player acima para conferir). Segundo o delegado, o rapaz foi visto pela última vez na quinta-feira (18). "Os familiares contaram que ele é usuário de drogas e pode ter realizado alguns furtos simples”, disse, Jasinski. 

Segundo Fernando, as imagens da tortura contra Juliano tem circulado em aplicativos de mensagens. “Estamos ouvindo testemunhas e buscando identificar os agressores e entender o que de fato aconteceu. Lembramos que a população nunca deve e nem pode fazer justiça com as próprias mãos”, disse Jasinski. 

O delegado conta que os agressores podem ser enquadrados no crime de tortura ou até mesmo de homicídio. A Polícia Civil ainda trabalha para encontrar Juliano.

PUBLICIDADE

Recomendados