Decreto amplia horário de abertura do comércio em PG

Ponta Grossa

02 de junho de 2020 15:02

Da Redação


Relacionadas

Polícia Militar prende trio com drogas na BR-376

Com ajuda de repórter, tucano é resgatado na Vila Marina

Homem é preso após aplicar marteladas na cabeça do vizinho

Com depressão, mulher coloca fogo na própria casa
Fiscalização flagra quatro locais abertos em PG
PG ganha destaque mundial por ações de proteção animal
Audiências virtuais garantem acolhimento na pandemia
Decreto foi assinado nesta terça-feira Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Lojas do comércio de rua agora podem abrir das 9h às 17 horas. Escalonamento e medidas de prevenção ao coronavírus são mantidas

A prefeitura de Ponta Grossa decidiu ampliar, em duas horas, o horário de atendimento das lojas do comércio no município. No Diário Oficial desta terça-feira (2), o Decreto de Número 17.360 autoriza o funcionamento das lojas de rua no horário das 9h às 17 horas – desde que o comércio foi reaberto, na primeira quinzena de abril, o atendimento só é autorizado das 10h às 16 horas. O decreto, porém, mantém a abertura escalonada, como vem sendo feito há quase dois meses. A novidade já é válida a partir deste dia 2.

O decreto, assinado pelo prefeito Marcelo Rangel e pelo procurador geral do município, João Paulo Deschk, alerta ainda que todas as medidas de cuidado e prevenção ao novo coronavírus devem ser mantidos, como o uso de máscaras, álcool em gel e as demais regras de prevenção ao Covid-19 tratadas nos decretos precedentes.

Como descrito no decreto, pela abertura escalonada, a maior parte dos setores poderão abrir apenas duas vezes por semana, como lojas de móveis e eletrodomésticos (apenas segunda e quintas) e lojas de calçados e confecções (apenas terças e sextas). As lojas não autorizadas a abrirem nesses dias, podem atender ao público, porém de portas fechadas, sendo o atendimento agendado. Além de buscar evitar a aglomeração em estabelecimentos, a medida também tem o objetivo que não haja o acúmulo de pessoas no transporte coletivo.

A informação da ampliação do horário de atendimento foi revelada na manhã desta terça-feira pelo prefeito durante o programa Nilson de Oliveira. Segundo ele, com mais horas disponíveis para fazer as compras, a tendência esperada pelo governo municipal é que o número de clientes dentro de cada estabelecimento caia com a ampliação no horário.

“Não estamos afrouxando medidas que possam colocar a cidade em risco, estamos melhorando medidas que já deram certo”, esclareceu o chefe do Executivo. Ele garantiu que as equipes da Prefeitura estudam melhorias no funcionamento do comércio há mais de duas semanas e a principal conclusão para melhorar o fluxo na cidade seria aumentar o horário de abertura das lojas. “Isso vai facilitar bastante nosso controle e não vai alterar em nada”, garante Rangel.

 

Outras áreas

O prefeito também explicou que há outras situações em que ainda não há consenso e que se mostram desafios para as gestões municipais. “Temos que voltara a estudar com outros projetos e planejamentos, principalmente setores mais complicados do ponto de vista sanitário, como é o caso das canchas esportivas”, argumenta Rangel. “É um problema bem sério e ainda não temos denominador comum entre especialistas nesse sentido”, complementou.

PUBLICIDADE

Recomendados