Educação de PG entrega 300 toneladas de alimentos

Ponta Grossa

26 de maio de 2020 09:00

Da Redação


Relacionadas

Polícia prende homem após assalto na Carlos Cavalcanti

Polícia Militar prende trio com drogas na BR-376

Com ajuda de repórter, tucano é resgatado na Vila Marina

Homem é preso após aplicar marteladas na cabeça do vizinho
Com depressão, mulher coloca fogo na própria casa
Fiscalização flagra quatro locais abertos em PG
PG ganha destaque mundial por ações de proteção animal
Todos os alunos matriculados serão contemplados. Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Escolas e CMEIs estão agendando as entregas de alimentos perecíveis, oriundos da alimentação escolar que seria consumida durante o período de paralisação

A Secretaria Municipal de Educação iniciou nesta segunda-feira mais uma rodada de entrega de alimentos para os alunos dos Centros Municipais de Educação Infantil e das Escolas Municipais de Ponta Grossa. Estão sendo entregues 300 toneladas de alimentos perecíveis para todas as famílias dos alunos matriculados. Os produtos seriam aqueles utilizados pelas unidades escolares para a alimentação escolar, durante o período de pandemia em que a Educação está mantendo as aulas pela TV Educativa e pela internet.

 

As entregas seguem até 29 de maio, conforme o agendamento de cada unidade. No mês de abril, a primeira entrega realizada pela SME contemplou somente os alunos em condições socioeconômicas de vulnerabilidade, com produtos perecíveis e não-perecíveis. Já na nova entrega, serão contempladas todas as crianças.

 

Desta vez, a forma de entrega será semelhante, porém, a maior parte dos kits serão formados por alimentos perecíveis. Eles são adquiridos com o valor destinado para a compra da alimentação escolar de 2020, que tem previsão total de aproximadamente R$ 18 milhões.

 

Conteúdo

Estão incluídos produtos hortifruti, provenientes da Agricultura Familiar, disponibilizados pelas associações dos agricultores – fornecedores da alimentação escolar. As crianças receberão carnes de gado, ave e suína, leite, frutas, tubérculos e legumes. Entre eles estão maçãs, bananas, mamões, laranjas, limões, poncãs, melões e caquis; batata, batata-salsa e doce, além de aipim. Beterraba, cenoura, pepino, alface, brócolis, repolho, couve manteiga, almeirão e acelga.

 

495 toneladas

Somando a entrega desta semana, a SME irá destinar durante o período de pandemia um total de 495 toneladas de alimentos – foram 195 toneladas em abril e outras 300 agora. Com eles foram montados cerca de 13 mil kits de alimentos em abril e nesta oportunidade, 32 mil. Os recursos são oriundos do Plano Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Informações Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados