Oferta aRedeShopping
São Camilo entrega primeira etapa de complexo em julho

Ponta Grossa

22 de maio de 2020 18:40

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Homem é detido após tentar furtar Nutella em hipermercado

Condutor perde controle de veículo e colide com poste

Mara Braun traz noticias do agro no 'Campos Gerais Rural'

Condutor de veículo fica ferido após colisão na Ronda
Prefeitura confirma mais dois casos de coronavírus em PG
Mulher é detida por tráfico na Vila Rubini
Caminhão capota próximo ao viaduto do Santa Terezinha
PUBLICIDADE

Centro hospitalar terá 308 leitos, 12 salas de cirurgia, mais de 40 especialidades médicas e 38 mil metros quadrados construídos

A Rede São Camilo irá inaugurar a primeira etapa em Ponta Grossa de um dos maiores e mais completos complexos hospitalares da região dos Campos Gerais. Trata-se do Centro Hospitalar São Camilo, com previsão de entrega da primeira etapa no final de julho, ampliando o atendimento e inovando em vários aspectos. O complexo está localizado na rua Siqueira Campos, no bairro de Uvaranas.

Com uma estrutura moderna e tecnologia de última geração, além dos profissionais qualificados, o Centro Hospitalar São Camilo contará com seis novos blocos, o que permite a adoção de vários procedimentos. No total serão 308 leitos, sendo 274 para adultos, 14 pediátricas e 20 obstétricas, além de 40 leitos de UTI e 12 salas de cirurgia.  Segundo as informações repassadas pela profissional Halyne de Souza Neves do setor comercial, após a conclusão total do projeto, “o Centro Hospitalar São Camilo deverá ser o maior hospital da região, com mais de 38 mil metros construídos”.

A primeira etapa, informa a instituição de saúde, tem a previsão de inauguração no final de julho já com 67 leitos, 10 leitos de UTI e seis salas de cirurgia. Contará, ainda, com “toda a infraestrutura moderna, tecnológica, (onde) a população de Ponta Grossa contará com todos os serviços hospitalares concentrados em um único hospital”, elenca a profissional.

A instituição também reforça o combate ao novo coronavírus. “O Centro Hospitalar implantou protocolos e fluxos internos para controle da disseminação do vírus na instituição. Separamos todos os fluxos de pacientes com síndromes respiratórias e/ou gripais que caracterizem suspeita da Covid-19, desde a triagem/pronto atendimento, até as alas de internação e UTI, com estrutura específica para esta patologia, evitando assim o contato com os demais pacientes”, explica Halyne.

O São Camilo adota medidas em relação aos colaboradores que, destinados para estes setores de combate à covid, não atendem outras áreas do hospital. “Também como medida preventiva, desde o início dos atendimentos, foram suspensas as visitas a todos os pacientes internados, e na área destinada para as internações destes pacientes, foi suspenso a permanência de acompanhantes - exceto casos especiais. Até o presente momento não tivemos nenhuma internação de paciente confirmado com Covid-19”, conclui a profissional do setor comercial.

PUBLICIDADE

Recomendados