Oferta aRedeShopping
Grupo de jovens de PG produz máscaras de proteção

Ponta Grossa

09 de abril de 2020 19:00

Dhiego Tchmolo


Relacionadas

Apoio a torneio de taekwondo rende homenagem à Prefeitura

PG possui 151 Pontos de Entrega Voluntária

Família de Cíntia diz que 'justiça foi feita'

Professor salva cachorro do ataque de cães Pitbull
Cão de faro ajuda na prisão de suspeito de tráfico em PG
Vítimas pedem socorro e testemunhas detêm assaltante
Choque e PRF apreendem caminhão cheio de cigarros
Em dois dias, 520 máscaras foram produzidas pelos jovens voluntários Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A ação é uma iniciativa conjunta entre a Universidade Estadual de Ponta Grossa, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Rotary, Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Os integrantes do Grupo de Jovens Missionários da Perpétuo Socorro estão mobilizados para a confecção de máscaras de proteção facial. A ação é uma iniciativa conjunta entre a Universidade Estadual de Ponta Grossa, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Rotary, Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, da Vila Liane, em Ponta Grossa, e quer auxiliar no combate ao SARS-CoV-2 COVID19.  As máscaras são fornecidas a hospitais, polícias Civil e Militar, Samu, Polícia Rodoviária Federal, Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte, Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná, entre outros órgãos.

De acordo com Vitor Dimbare, entre quarta e quinta-feira, foram produzidas 520 máscaras na paróquia, elaboradas com os materiais disponíveis. “Dez jovens atuam diretamente na montagem das máscaras, produzidas com acetato, que é responsável por formar uma barreira em frente ao rosto do usuário; filamentos para impressoras 3D, que são responsáveis pela produção do aro, que suporta o acetato, e, elásticos, que auxiliam na fixação do equipamento. Estamos buscando cada vez mais alternativas que possam tornar a produção mais rápida”, explica o voluntário, que é um dos responsáveis técnicos. Os materiais são resultado de doações da comunidade.

O Grupo de Jovens Missionários da Perpétuo Socorro existe há dez anos e tem uma “essência missionária”, comenta Dimbare, citando que seus integrantes realizam visitas a idosos e asilos, além de distribuir alimentos para a população carente.

Com informações da assessoria de imprensa.

PUBLICIDADE

Recomendados