Promoção aRedeShopping
Sindicato convoca reunião para discutir transporte coletivo

Ponta Grossa

07 de abril de 2020 14:17

Da Redação


Relacionadas

Rangel decide reabrir Lago de Olarias ao público

Motociclista sofre lesão após acidente em Uvaranas

Prefeitura licita R$ 5 mi para ciclovia entre PG e Itaiacoca

PG oferece abrigo para pessoas em situação de rua durante frio intenso
Professora lança cartilha sobre Neuroaprendizagem
Agência do Trabalhador reabre com restrições no atendimento
Pediatra fala sobre cuidados com as crianças na pandemia
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Reunião foi convocada após a Viação Campos Gerais (VCG) relatar dificuldades para o pagamento da folha de maio

Após a Viação Campos Gerais (VCG) relatar que não garante o salário integral dos trabalhadores do transporte coletivo para o mês de abril, a diretoria do Sintropas-PG, sindicato que representa a categoria, saiu em defesa dos funcionários da empresa. O Sindicato convocou, através de um ofício, uma reunião emergencial com a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) e com a presença da própria VCG. O ofício foi encaminhado na manhã desta terça-feira (07).

De acordo com o presidente do Sintropas-PG, Luizão Oliveira, "os trabalhadores que dependem desta renda não podem ser prejudicados", explica. "A VCG deve assegurar o direito dos funcionários que estão trabalhando normalmente durante este período. É obrigação da empresa honrar o compromisso com os profissionais pelos trinta dias trabalhados", ressalta Luizão.

O Sintropas-PG encaminhou, na manhã desta terça-feira (07) um ofício para as partes, VCG e PMPG, e aguarda o retorno para discutir o direito dos trabalhadores, que será assegurado por este sindicato. "O município precisa discutir o transporte público, assim como a Viação Campos Gerais, antes de um colapso total do sistema", finaliza o presidente do Sintropas-PG.

As informações são da assessoria. 

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização