Oferta aRedeShopping
Rangel estipula data para reabertura do comércio

Ponta Grossa

26 de março de 2020 18:08

Afonso Verner


Relacionadas

Ex-vereador de PG perde o irmão em acidente

Rodonorte projeta obras e milhares de empregos

Lei poderá travar desenvolvimento do aeroporto de PG

Zampieri defende candidatura de direita e equipe técnica
PG possui 151 Pontos de Entrega Voluntária (PEVs)
Top Brownies se destaca em Ponta Grossa e região
PG passa dos 100 casos positivos do coronavírus
Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Prefeito anunciou planejamento para que, pouco a pouco, a cidade retome à rotina

O prefeito Marcelo Rangel (PSDB) anunciou nesta quinta-feira (26) novas medidas no combate a Covid-19. Em uma transmissão ao vivo nas redes sociais da Prefeitura Municipal, Rangel garantiu que o isolamento social na cidade vai continuar. “Vidas valem mais, vidas são prioridades”, afirmou o prefeito durante a publicação. No entanto, Rangel estipulou uma data para a retomada da atividade comercial na cidade: o dia 6 de abril.

Rangel também anunciou o início, nesta sexta-feira (27), da desinfecção das áreas públicas com produtos químicos específicos. “Essa é uma medida para conter uma possível proliferação do vírus. O produto usado não tem prejuízos à população de ruas e nem aos animais de rua”, garantiu o prefeito. Medidas do tipo já têm sido adotadas em outros municípios, como é caso de Telêmaco Borba, nos Campos Gerais. 

Marcelo também destacou que deverá manter o fechamento parcial do comércio pelos próximos dias. “A Itália diminuiu isso [isolamento social] em tempo inadequado e isso provocou uma tragédia no país”, disse o prefeito. Segundo Rangel, as atividades econômicas do município serão retomadas, de forma gradual no dia 6 de abril. Essa retomada deverá ser feita de acordo com  “evolução dos casos”, diz Rangel. 

Em suma, a reabertura do comércio dependerá, entre outras coisas, do número de casos confirmados e casos suspeitos na cidade - atualmente o município tem três casos confirmados, todos eles importados com infecção fora da cidade. “Aqui em Ponta Grossa a nossa prioridade é a vida. A parte econômica é fundamental, sim, mas a vida é uma só”, disse Rangel. 

“Tem gente na internet que quer que abra tudo. Se eu fizer isso, eu assino um decreto e sou responsável por tudo que acontecer. Eu não vou fazer isso”, afirmou o prefeito. Já Para garantir a reabertura do comércio, Rangel também afirmou que a Prefeitura estuda propor uma espécie de rodízio entre os estabelecimentos. Neste caso, cada 'tipo' de comércio teria um dia específico para abrir. 

Além disso, o município estuda formas de garantir o funcionamento do comércio sem a aglomeração de pessoas. No caso de restaurantes, a retomada poderia ser feita com os cuidados de higiene sendo redobrados e também com o ‘afastamento’ entre as mesas para garantir a diminuição do contato entre as pessoas. 

Escolas não tem previsão para retomada do calendário

Ainda durante a live, o prefeito Marcelo Rangel disse que as escolas "não tem qualquer previsão" de retomada das atividades - o ensino municipal segue paralisado também em ação para evitar o contágio pela Covid-19. "Não há qualquer país do mundo que tenha retomado o ensino nesta primeira fase da doença", avalia o prefeito. Range destacou ainda a importância de se garantir a saúde de crianças e professores em um ambiente onde o contato é quase que inevitável.

Importância da 'quarentena bem feita'

Durante a transmissão, Rangel destacou ainda que o retorno parcial e gradual às atividades comericiais depende do "sucesso do isolamento social". "Vamos continuar contando com a população para que se faça uma quarentena bem feita. Aqui em Ponta Grossa temos tido muito sucesso nisso e isso é muito importante para que nós sigamos com um número de casos e de suspeitos baixo", disse o prefeito.

PUBLICIDADE

Recomendados