Prefeitura volta a discutir ‘Tarifa Zero’ após o Carnaval

Ponta Grossa

21 de fevereiro de 2020 08:35

Da Redação


Relacionadas

Comerciantes são atacados por bandidos em PG

Paraná alinha modelagem do novo Anel de Integração

Mulher invade casa do ex-marido e entrega armas à PM

Equipe do Pronto Socorro encontra drogas com paciente
Temperatura em PG fica negativa pelo segundo dia seguido
Sala do Empreendedor amplia canais de atendimento remoto
Piloto de moto fica ferido em acidente na frente do 13º BIB
Projeto se tornou uma das prioridades do governo municipal Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Segundo o Prefeito Marcelo Rangel, as audiências públicas serão iniciadas o mais breve possível

A discussão sobre o projeto “Tarifa Zero” do transporte coletivo em Ponta Grossa será retomada após o feriado de carnaval. É o que afirma prefeito Marcelo Rangel, que pretende iniciar o mais breve possível as audiências públicas para explicar e discutir, de forma ampla, a dinâmica do projeto que se tornou uma das prioridades do governo municipal. “Além de se tratar de uma grande oportunidade para debatermos o tema e esclarecer todas as dúvidas sobre sua implantação, as audiências públicas servirão como base para eventuais ajustes na proposta que será encaminhada pelo poder executivo para a Câmara Municipal de Ponta Grossa. Feito isso, caberá aos vereadores a discussão final, incluindo possíveis propostas de emendas ao projeto original”, declara Rangel.

Outro aspecto importante ressaltado pelo prefeito Marcelo Rangel é a intenção de que o Município discuta outras ações relacionadas com a tarifa do transporte coletivo somente após a conclusão dos trâmites relacionados à apreciação da proposta. “Nossa expectativa é de que o projeto Tarifa Zero seja colocado o mais breve possível em votação e por isso achamos pertinente que nenhuma alteração dos valores relacionados ao repasse de custos do transporte coletivo seja discutida até que se conclua o processo de debate amplo e com toda a sociedade sobre o projeto e sua consequente votação por parte da Câmara Municipal”, completa Rangel.

Informações Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados