PUBLICIDADE

Sony começa a produção de séries derivadas de 'Aranhaverso'

O primeiro projeto do estúdio será focado na heroína Teia de Seda

A personagem foi introduzida nos quadrinhos em 2014 e já apareceu no MCU no filme ‘Homem-Aranha: De Volta ao Lar’.
A personagem foi introduzida nos quadrinhos em 2014 e já apareceu no MCU no filme ‘Homem-Aranha: De Volta ao Lar’. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Sony, em parceria com o Prime Video, anunciou nesta semana o desenvolvimento de séries live action derivadas do universo do Homem-Aranha. O primeiro projeto já divulgado é ‘Silk: Spider Society’, focada na heroína Teia de Seda  De acordo com a declaração da Sony, a série será a primeira de "diversas séries live-action baseadas no universo da Sony de personagens da Marvel, que inclui mais de 900 personagens". 

‘Silk: Spider Society’ terá Angela Kang (‘The Walking Dead’) como showrunner. Todos os produtores de ‘Homem-Aranha no Aranhaverso' também estão envolvidos. Ainda sem data de lançamento determinada, a série será lançada na MGM+ e, em seguida, será disponibilizada no Prime Video mundialmente.

Nos quadrinhos Silk, ou Teia de Seda, é uma garota de origem coreana chamada Cindy Moon, que tem os mesmos poderes de Peter Parker por também ter sido mordida por uma aranha radioativa. Na nova produção, Cindy escapa da prisão e busca por sua família enquanto embarca na jornada de se tornar uma super-heroína.

A personagem foi introduzida nos quadrinhos em 2014 e já apareceu no MCU no filme ‘Homem-Aranha: De Volta ao Lar’. No filme, Tiffany Espensen interpretou Cindy Moon como colega de Parker, antes dos poderes.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE