Traição é o tema de romance da escritora Liz Vecci

Mix

01 de dezembro de 2020 21:00

Da Redação


Relacionadas

Fausto Silva deixa a Globo até o final do ano

Concurso vai escolher os melhores doces de festa de PG

Ponta Grossa recebe circo Drive Thru em fevereiro

A moderna impressão colorida de um novo tempo
Músico de PG se apresenta em concerto online no sábado
Crônicas dos Campos Gerais: ‘Criança diz cada uma’
Meyrielen Mendes é eleita Miss Ponta Grossa 2021
O Farol de Bill Baggs é o título da escritora Liz Vecci, nova autora da categoria literatura de entretenimento Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

O Farol de Bill Baggs é o título da escritora Liz Vecci, nova autora da categoria literatura de entretenimento

“O Farol de Bill Baggs” é um romance com uma intrigante narrativa policial. Traz a história de André e Carol em situações em que a lealdade do relacionamento é colocada à prova. Lançada em uma leva de talentos mulheres revelados na pandemia, a escritora Liz Vecci, que é de Goiás, revela a dualidade de impressões femininas sobre o amor em um intrigante cenário  povoado na sua maioria por homens, o policial.

O título remete ao cenário do Parque Bill Baggs Cape, na Flórida (EUA), onde a autora esteve em 2019. O personagem André é um policial que viaja para lá e se envolve em um suspense. Ele compara os olhos da amada com a cor da vegetação verde e palha, misturadas com o azul profundo do mar da Flórida.

Essa imagem bucólica e romântica do farol lembra a personalidade da Carol, uma publicitária doce, mas com força extraordinária. André se interessou por essa ambiguidade que ele mesmo sentiu quando conheceu o parque. O policial se descreve como um marinheiro em busca de um porto seguro, afinal teve um passado marcado por um relacionamento tóxico.

No romance, a autora revela um pacto, de jamais mentir um para o outro. Porém, ela, já machucada por conta de outro parceiro, presencia um diálogo que deixa no ar uma possível traição do André. “É quando acontece um afastamento permeado de tragédias inesperadas e eles têm de repensar o quanto estão dispostos a ceder ou depositar fé na história construída”, explica a autora.

A escritora constrói uma narrativa com riqueza diálogos e características dos personagens, inspirados em pessoas reais que conheceu. “Me lembro de estar em um local com vários membros da polícia, mulheres bonitas, fortes, e homens bem parecidos com André. Ele com se crou neste cenário, mas inspirado em todos”, explica.

Primeiro livro de Liz Vecci, ela se preparou para a produção. Além dos cursos de escrita, frequentou academia de tiro com o único intuito de falar com maior verossimilhança sobre armas, tiros e ferimentos. Contou também com a ajuda de amigos, um delegado e um promotor de justiça. “Eles responderam pacientemente várias perguntas sobre os procedimentos em operações especiais”, conta.

A autora

Advogada tributarista com atuação em Goiás, 43 anos e mãe de duas filhas, Liz Vecci cresceu em uma casa cheia de livros e leitores. “Quando criança escrevi, editei e comercializei uma revista, a "Livridade". Ler é entretenimento e tabalho para mim, conta a escritora, que lê até dois livros por semana. Quando começou a escrever “O Farol de Bill Baggs” se surpreendeu com a fluidez do processo criativo, terminando a obra em nove meses.

Apesar de ter começado agora sua carreira de escritora, Liz já tem praticamente uma trilogia. “Atualmente estou escrevendo o terceiro romance da série do Farol. O segundo está em fase de revisão por uma editora do Rio de Janeiro e ficou um livro bem divertido com personagens que estavam no Farol, o Emílio e a Tata”

E não para por aí. “O objetivo é publicar meus livros em inglês, afinal, sonhar pequeno e grande dá o mesmo trabalho. Então, decidi sonhar grande pois sou uma pessoa de fé”. A autora busca cativar leitores assíduos, mas principalmente, despertar o interesse de quem ainda não tem o hábito de leitura.

PUBLICIDADE

Recomendados