Paralisação levará TVs a um total replanejamento do calendário

Mix

03 de abril de 2020 05:30

Da Redação


Relacionadas

Produção literária de PG não para durante a quarentena

Coro municipal faz sucesso na internet com música de Pixinguinha

Cultura divulga resultado dos recursos do Profice

Grupo BO Paper faz parceria com o Pegaí
Crônicas dos Campos Gerais: ‘Os óculos’
Ibope tornou-se insuficiente na medição do desempenho dos programas
Rotaract Alagados doa 200 kg de alimentos à ARREP
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Assim como em tantos outros setores, na TV também a incerteza é muito grande com relação a prazos e a possibilidade de restabelecer a antiga ordem dos trabalhos.

Ainda não há a mínima segurança de se planejar qualquer coisa. Por enquanto, entre as principais, casos de Globo, SBT e Record, nada está sendo previsto antes do final de junho ou julho.

Há o entendimento que, como melhor dos cenários, só mesmo a partir do segundo semestre haverá a possibilidade de retomar as produções do entretenimento. Por aí se entenda, gravações de novelas e programas, o que também levará essas emissoras a replanejar tudo o que estava previsto para este ano.

Muito do que foi pensado, ou será transferido ou simplesmente colocado de lado. O SBT, como exemplo, só iniciará as gravações da segunda temporada de “Poliana” em 2021.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização