O delicado momento da Teledramaturgia da Record

Mix

26 de março de 2020 05:30

Da Redação


Relacionadas

Lives de sábado: saiba quais artistas farão shows online

Fundação abre edital para artistas e produtores locais

Aplicativo proporciona amizades e serviços

Paralisação levará TVs a um total replanejamento do calendário
A realidade de Madhu: livro prevê pandemia e viraliza
Band pretende levar marca “Bora” para todo País
Empresa disponibiliza conteúdo infantil durante quarentena
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Difícil saber como o seu departamento de Teledramaturgia emergirá após esse problema do Coronavírus, uma vez que sua estrutura é infinitamente menor que a da Globo e a produção, terceirizada.

Nesse episódio envolvendo a crise do Coronavírus a Record entrou na contramão da TV Globo em relação aos profissionais da Teledramaturgia e disparou demissões. A parceira Casablanca, responsável pela produção de novelas e séries, em meio à paralisação de tudo por causa da pandemia, não pensou duas vezes.

A empresa só aguardou o desembarque do pessoal (produtores, maquiadores, figurinistas...) que estava no Marrocos, gravando “Gênesis”, e dispensou todo mundo. Elenco e diretores escaparam dos cortes porque são contratados da própria Record e não da Casablanca, mas também eles não estão imunes de perderem seus postos.Em contato com a coluna, alguns atores reclamam da falta de comunicação com a emissora.

Há contratos chegando ao fim em abril e ninguém se pronuncia. Difícil saber como o seu departamento de Teledramaturgia emergirá após esse problema do Coronavírus, uma vez que sua estrutura é infinitamente menor que a da Globo e a produção, terceirizada. Os Estúdios Casablanca (ex-RecNov) só não vão se tornar uma “cidade fantasma” porque o jornalismo, necessário, continua vivo.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização