Oferta aRedeShopping
Academia de Letras promove atividade cultural literária

Mix

08 de outubro de 2019 18:05

Da Redação


Relacionadas

Florenal Zero Hora atende do café da manhã ao jantar

Programa ‘Destaque’ recebe artistas nacionais em PG

Artista de PG cria tirinhas de herói brasileiro na pandemia

Estréia nesta segunda 'aRede Delivery' seu guia gastronômico
'Em Casa com Cultura' fomenta produções e artistas locais
A moda e as mudanças ao longo dos anos
Academia de Letras e Artes de PG promove festival online
Projeto 'Crônicas dos Campos Gerais' é aberto para toda a comunidade participar com textos Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Projeto 'Crônicas dos Campos Gerais' é aberto para toda a comunidade participar com textos

A Academia de Letras dos Campos Gerais (ALCG) e entidades apoiadoras estão promovendo o projeto cultural literário “Crônicas dos Campos Gerais”, de autoria do escritor Mário Sérgio de Melo. A iniciativa visa estimular a produção e o intercâmbio de textos (crônicas) que tratem de aspectos da vida regional, incluindo os pitorescos e singulares. Tem intenção de revelar e incentivar novos talentos literários, divulgar e aprofundar o apreço pela cultura popular e erudita regional. A população a partir de dezesseis anos, sejam moradores ou visitantes, é convidada a escrever crônicas que versem sobre a vida nas cidades ou no ambiente rural dos Campos Gerais do Paraná. Para participar do projeto basta enviar os textos em arquivos digitais no formato .doc para o e-mail [email protected] a partir de 1º de novembro de 2019. A ALCG compromete-se com o zelo na recepção e seleção dos textos.

Entende-se por “crônica” o relato curto de situações do cotidiano reais ou fictícias apresentadas, geralmente, em sequência cronológica. Segundo o crítico literário Antonio Candido de Mello e Souza, a crônica é um gênero que “... fica perto de nós... Ela é amiga da verdade e da poesia nas suas formas mais diretas e também nas suas formas mais fantásticas – sobretudo porque quase sempre utiliza o humor... a sua perspectiva não é a dos que escrevem do alto da montanha, mas do simples rés do chão”. O regulamento detalhado está no site. Os textos deverão ter até dois mil e quinhentos caracteres, para viabilizar a leitura em programas de rádio e a inserção nos espaços impressos. As crônicas selecionadas por comissão julgadora composta por membros da ALCG serão divulgadas na mídia e, se for viável, publicadas em livro a ser editado ao final do projeto, previsto para durar um ano. Espera-se que a iniciativa motive encontros e oficinas literárias e contribua também para fortalecer a identidade e a autoestima regional. A ALCG traz em seu estatuto a missão de cultivar, preservar e divulgar o vernáculo e a literatura.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Recomendados