Governo do PR se prepara para possibilidade de novos atos golpistas | aRede
PUBLICIDADE

Governo do PR se prepara para possibilidade de novos atos golpistas

As forças de segurança e órgãos de inteligência estaduais estão coordenando as ações a partir do Centro de Operações da Cidade da Polícia

Governo está monitorando a possibilidade de novos atos nesta quarta-feira (11)
Governo está monitorando a possibilidade de novos atos nesta quarta-feira (11) -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O Governo do Paraná, por meio da Secretaria da Segurança Pública, enviou nota informando que está monitorando a convocação de atos antidemocráticos no estado. Grupos de bolsonaristas estão se mobilizando nas redes sociais com o intuito de organizar, promover e divulgar a “Mega manifestação nacional – Pela retomada do poder”, que deve ocorrer em todo o território nacional, especialmente nas capitais dos estados, nesta quarta-feira (11), às 18h.

As forças de segurança e órgãos de inteligência estaduais estão coordenando as ações a partir do Centro de Operações da Cidade da Polícia. “As polícias estaduais estão preparadas para manter a ordem pública e garantir a segurança dos paranaenses. Estão sendo tomadas as medidas necessárias para o cumprimento integral da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) desta quarta-feira”, diz o comunicado.

STF

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, determinou nesta quarta-feira que as autoridades públicas impeçam quaisquer tentativas de ocupação ou bloqueio de vias públicas, rodovias, espaços e prédios públicos por manifestantes golpistas apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

A ordem foi dada em resposta a um pedido da AGU (Advocacia-Geral da União), que alertou o ministro a respeito da chamada “Mega manifestação nacional – pela retomada do poder”, convocada por bolsonaristas após os ataques às sedes dos Três Poderes no último domingo (8).

Moraes impõe a “aplicação imediata pelas autoridades locais” de multa de R$ 10 mil para pessoas físicas e R$ 100 mil para pessoas jurídicas, por hora, que descumprirem essa proibição “por meio da participação direta nos atos antidemocráticos, pela incitação (inclusive em meios eletrônicos) ou pela prestação de apoio material (logístico e financeiro) à prática desses atos”.

Com informações do Portal Banda B 

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE