PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

Quando serei vacinado? Site estima data para 1ª dose

Cotidiano

11 de abril de 2021 15:56

Da Redação


Relacionadas

Falsa enfermeira é presa no PR com vacina contra covid-19

Começa a valer a nova política de privacidade do WhatsApp

Pesquisadores alertam para riscos de exposição a telas

Atiradores invadem casa e matam jovem de 22 anos no PR
Mega-Sena deste sábado tem prêmio de R$ 33 milhões
Paraná garante R$ 120 milhões para reforçar segurança pública
Condições climáticas diminuem produção de leite no Paraná
Dados baseiam-se no ritmo médio de vacinação e na população local dividida por idade Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Dados baseiam-se no ritmo médio de vacinação e na população local dividida por idade

A vacinação contra a Covid-19 é tida como a principal maneira de reduzir o número de mortes provocadas pela infecção do novo coronavírus e acabar com a pandemia. Mas até lá existe um longo caminho, que inclui a disponibilidade de doses suficientes para imunizar as populações de todo o mundo.

Pensando em dar uma luz para os brasileiros que aguardam a vez de ir até o posto de saúde e segurar um pouco a ansiedade, o profissional da área de tecnologia Renan Altendorf desenvolveu o site Quando vou ser vacinado (clique aqui e veja a previsão). A ferramenta faz cálculos baseados na média de vacinação de cada estado nos últimos sete dias, com dados coletados diariamente pelo Coronavírus Brasil.

As informações são combinadas com a projeção da população brasileira e o recorte dos estados por idade disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Assim, para descobrir quando será vacinado, basta informar a idade e o estado de residência.

Pela projeção, um adulto de 30 anos que não se enquadre nos grupos prioritários demoraria um ano, 10 meses e 26 dias para ser vacinado no Distrito Federal, por exemplo. Caso se encaixasse em um dos perfis paritários do Plano Nacional de Imunização (PNI), esse mesmo adultos poderia receber a primeira dose de uma vacina em um mês e oito dias.

O cálculo para os grupos prioritários leva em consideração a estratégia da Campanha Nacional de Vacinação contra gripe (influenza/H1N1) de 2020, disponibilizado pelo DataSUS.


Fluxo de doses

Tarcísio Marciano Rocha Filho, professor do Núcleo de Altos Estudos Estratégicos para o Desenvolvimento-CIFMC e Instituto de Física/UnB pondera que a estimativa faz sentido se o fluxo de doses for mantido constante, “o que é pouco provável”, em sua opinião, porque não temos a garantia de estoque dos próximos meses.

“Vamos acabar produzindo (vacinas) no Brasil. Aí vai andar mais rápido. Só que até lá, vai morrer muita gente”, afirma. O desenvolvedor do site explica que as previsões podem mudar diariamente e estão suscetíveis a mudanças de regras e leis da federação, estados e cidades. Além disso, alguns municípios podem ter datas de vacinação diferentes dos estados.


Com informações do Metrópoles

PUBLICIDADE

Recomendados