PLATAFORMAS


EDITORIAS


SEÇÕES


PROJETOS


INSTITUCIONAL

PDT pedirá na Justiça a interdição de Jair Bolsonaro

Cotidiano

05 de março de 2021 15:07

Da Redação


Relacionadas

Vacinação aos fins de semana totaliza 10% das doses do PR

Polícia Civil implanta sistema que facilita identificação no PR

Após 200 dias, advogado deixa a UTI da covid-19

Brasil receberá 800 mil doses da vacina da Pfizer em junho
Projeto multa clubes por atos homofóbicos ou de racismo
PEC que cria a Polícia Penal chega à Assembleia
Projeto na Câmara coloca jornalistas no grupo prioritário
Carlos Lupi, anunciou, nesta sexta-feira (5), que o partido solicitará, na Justiça, a interdição de Jair Bolsonaro Foto: Leo-Motta-JC
PUBLICIDADE

Objetivo é impedir as ações negacionistas que multiplicam as mortes por Covid-19

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, anunciou, nesta sexta-feira (5), que o partido solicitará, na Justiça, a interdição de Jair Bolsonaro. Na medida, o partido alegará a sua incapacidade para seguir no cargo de presidente da República. Como provas, as omissões e ineficiências do chefe do Executivo no combate à pandemia do coronavírus, que já matou mais de 260 mil pessoas no Brasil.

“Nós já fizemos de tudo. Estamos na Corte de Haia contra ele por esse crime contra a humanidade, no Supremo Tribunal Federal e, agora, eu vou pedir ao nosso jurídico para fazer a interdição”, explica, ao acrescentar: “Eu acho que ele é louco e precisa ser interditado antes que mais brasileiros morram por sua loucura.”

Para Lupi, o volume de mortes de Covid-19, desde o começo de 2020, foi diretamente potencializado por Bolsonaro, que confronta diretrizes científicas a partir de ações negacionistas. O pedetista destaca ainda, como exemplo, o atraso do plano nacional de imunização.

“Realmente, para nossa tristeza e infelicidade, mais de 260 mil brasileiros perderam a vida para uma pandemia diabólica, incontrolável e, principalmente, pela corresponsabilidade do senhor Jair Bolsonaro”, afirmou.

“O presidente da República é o maior mandatário da nação. É o responsável pela nação brasileira e desconheceu a medicina e as recomendações médicas, incentivou a aglomeração pessoalmente, não usa máscara, já pegou o Covid e continua dizendo que é uma ‘gripinha”, completou.


Com informações do dite do PDT

 

PUBLICIDADE

Recomendados