Prazo para reembolso de passagens aéreas é prorrogado

Cotidiano

13 de janeiro de 2021 12:20

Brasil 61


Relacionadas

RodoNorte realiza obras de manutenção na BR 277

Déficit tecnológico é impasse na volta às aulas do ensino remoto

Mega-Sena acumula e prêmio vai para R$ 22 milhões

Imposto de pneus de transporte de cargas tem tarifa zerada
Biden anuncia retorno dos EUA ao Acordo de Paris
Conheça os programas que utilizam as notas do Enem
Ano letivo de 2021: como serão os novos desafios das escolas
O objetivo da medida é garantir o direito dos passageiros e a sobrevivência das empresas aéreas, que foram fortemente afetadas pela pandemia em 2020. Foto: Reprodução/Agência Brasil
PUBLICIDADE

O objetivo da medida é garantir o direito dos passageiros e a sobrevivência das empresas aéreas, que foram fortemente afetadas pela pandemia em 2020

Consumidores que precisam pedir o reembolso de voos eventualmente cancelados por conta da pandemia de Covid-19 ganharam mais prazo para realizar o pedido. O Governo Federal prorrogou até o dia 31 de outubro deste ano as regras para o reembolso de passagens aéreas. 

O objetivo da medida é garantir o direito dos passageiros e a sobrevivência das empresas aéreas, que foram fortemente afetadas pela pandemia em 2020. As regras continuam as mesmas, as companhias aéreas têm o prazo de 12 meses, a contar da data do voo cancelado, para realizar a devolução do dinheiro, caso o passageiro solicite. 

O valor será atualizado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e, quando cabível, oferecer assistência material. Além disso, a legislação dá ao consumidor o direito de obter crédito do valor correspondente ao da passagem aérea, sem incidência de qualquer penalidade contratual. A expectativa é de que a medida melhore a programação pelo consumidor e pelas companhias aéreas num período de insegurança.

PUBLICIDADE

Recomendados