STF arquiva notícia-crime de senadores contra Bolsonaro

Cotidiano

26 de maio de 2020 09:40

Da Redação


Relacionadas

Documento digital de veículos está disponível; saiba como usar

Novo ciclone chega ao Sul e causa chuva, ventania e granizo

Sesa confirma 2.380 novos casos e 34 mortes pela covid-19

Defesa Civil levanta danos da passagem de ciclone em SC
Mais de 70 mil imóveis seguem sem energia no Paraná
Mega-Sena sorteia R$ 27 milhões neste sábado
Governo destinará R$ 500 mi para proteger a Amazônia
PUBLICIDADE

O ministro Celso de Mello acolheu pedido da Procuradoria-Geral da República, a quem cabe a titularidade de ação penal pública

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o arquivamento de pedido de enquadramento criminal contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, apresentado pelos senadores Randolfe Rodrigues (Rede/AP) e Fabiano Contarato (Rede/ES), na Petição (PET) 8803.

O ministro acolheu pedido da Procuradoria-Geral da República e negou seguimento à PET, uma vez que cabe ao Ministério Público a titularidade de ação penal pública, “que age, nessa condição, com exclusividade, em nome do Estado”, afirmou o ministro.

Os senadores apontavam suposta prática do crime de falsidade ideológica em razão de decreto de exoneração de Maurício Valeixo do cargo de diretor-geral da Polícia Federal, publicado com a assinatura do então ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro.

Leia a íntegra da decisão.

Informações STF

PUBLICIDADE

Recomendados