Oferta aRedeShopping
Rede Madero demite mais de 600 funcionários

Cotidiano

02 de abril de 2020 08:50

Da Redação


Relacionadas

Proteção de nascentes ajuda área rural a enfrentar seca

Estado repassa R$ 1,5 milhões para combate à dengue

Educação lança edital com 500 bolsas para Professor Formador

Dólar fecha abaixo de R$ 5 pela 1ª vez desde março
Visitas virtuais são ampliadas no sistema prisional do Paraná
Paraná tem mais 533 casos e 13 mortes por Covid
Por que o seu bebê deve fazer o Teste do Pezinho?
Entre as áreas afetadas pelas demissões, segundo Durski, estão a de engenharia e de arquitetura Foto: Reprodução/Instagram
PUBLICIDADE

Segundo Junior Durski, as demissões se concentraram em equipes voltadas aos projetos de expansão da rede, que previa abrir mais 65 unidades neste ano  

Apesar de afirmar em vídeos no Instagram que seus funcionários não seriam demitidos durante a crise causada pelo coronavírus, o empresário Junior Durski, dono da rede de restaurantes Madero, em Curitiba, dispensou nesta quarta (01), 600 funcionários. A informação foi publicada pelo Estadão.

O  empresário justificou as demissões afirmando os funcionários faziam parte de equipes dos projetos de expansão da empresa, que previa lançar mais 65 unidades em 2020 e que o plano que foi abortado com a crise causada pela pandemia. Ele garantiu ao Estadão que maioria dos demitidos eram recém-contratados em treinamento.

“A minha empresa tem condições, recursos e caixa para passar três, quatro, cinco ou seis meses parada. Não estou preocupado comigo, já disse que manterei o emprego dos nossos empregados", disse Junior em vídeo publicado na semana passada. 

Leia mais no Bem Paraná

PUBLICIDADE

Recomendados