Fotógrafo maringaense morre afogado em Caiobá

Cotidiano

23 de janeiro de 2020 11:00

Da Redação


Relacionadas

Paciente que furou quarentena no PR é multado em R$ 15 mil

Campo Tupi chega a 2 bilhões de barris de óleo

Mercado financeiro aumenta projeção da inflação

Demanda das empresas por crédito caiu em agosto
Médico pioneiro no tratamento da Aids no Brasil morre no Rio
Cooperativas da agricultura familiar terão crédito ampliado
Inscrições para bolsas do ProUni terminam quarta-feira
O fotógrafo foi resgatado com vida e levado de helicóptero para uma Unidade de Pronto Antedimento, mas não resistiu Foto: Divulgação/BPMOA
PUBLICIDADE

João Silvério de Souza passava férias com a família no Balneário de Caiobá

O fotógrafo maringaense João Silvério de Souza, de 48 anos, morreu afogado no litoral paranaense. A fatalidade foi registrada no Balneário de Caiobá, em Matinhos, na noite dessa terça (21). De acordo com informações do Jornal Plantão Maringá, os filhos da vítima, um de 7 e outro de 11 anos estavam na companhia do pai e viram quando ele entrou no mar, mas não voltou mais. Foram eles que chamaram o Corpo de Bombeiros.

Segundo a equipe que trabalhou no resgate, as informações passadas pelos filhos eram de que João havia entrado no mar com uma prancha de surfe, por volta das 20h. O fotógrafo foi resgatado com vida e levado de helicóptero para uma Unidade de Pronto Antedimento, mas não resistiu.


PUBLICIDADE

Recomendados