Policial reage a assalto em loja e é morto por bandidos

Cotidiano

15 de dezembro de 2019 10:31

Da Redação


Relacionadas

Renato Feder recusa convite de Bolsonaro para assumir o MEC

Ratinho ameaça prender prefeitos por desrespeito

Huck vende participação na rede de restaurantes Madero

Detran suspende serviços em regiões afetadas pela covid
Documento digital de veículos está disponível; saiba como usar
Novo ciclone causa chuva, ventania e granizo no Sul
Sesa confirma 2.380 novos casos e 34 mortes pela covid-19
Policial era lotado no Batalhão de Patrulha Escolar, tinha 47 anos e deixa a esposa e filho Foto: Reprodução/Banda B
PUBLICIDADE

Cabo da PM foi atingido no pescoço e chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital horas depois; um dos bandidos foi baleado, mas conseguiu fugir

Um assalto contra as Lojas Americanas de Piraquara (região metropolitana de Curitiba) no fim da tarde deste sábado (14) terminou em tragédia. Um policial militar morreu e um ladrão ficou baleado em uma troca de tiros.

Por volta das 18h40 dois homens entraram na loja situada na Avenida Presidente Getúlio Vargas, principal avenida da cidade, e anunciaram o assalto. Três funcionários, um cliente e o cabo Borges foram rendidos.

Um dos funcionários recolheu vários aparelhos de telefone celular e entregou para um dos ladrões. Eles tentaram fugir, mas foram perseguidos pelo policial. Na saída da loja, houve troca de tiros. Imagens do sistema de monitoramento mostram que o policial dá alguns tiros contra os bandidos e recua. Quando ele retorna para atirar mais algumas vezes, é atingido entre o ombro e o pescoço.

O Siate foi acionado e prestou socorro ao policial. Ele foi encaminhado ao Hospital Cajuru, onde morreu no fim da noite. O cabo Edson Borges tinha 47 anos e era lotado no Batalhão de Patrulha Escolar. Casado, tinha um filho e morava em Piraquara. A polícia do município já teria identificado os dois assaltantes e ainda realiza buscas atrás dos criminosos.

Informações Banda B.

PUBLICIDADE

Recomendados