FASPG promove seminário de enfrentamento ao trabalho infantil | aRede
PUBLICIDADE

FASPG promove seminário de enfrentamento ao trabalho infantil

O público-alvo é formado por trabalhadores do SUAS envolvidos em ações de enfrentamento do Trabalho Infantil da Proteção Básica e Proteção Especial dos municípios da região dos Campos Gerais

Evento será realizado no Planalto Select Hotel
Evento será realizado no Planalto Select Hotel -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

A Fundação de Assistência Social de Ponta Grossa, por meio do Departamento de Proteção Social Especial, realiza na próxima sexta-feira (10) o 'I Seminário do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil dos Campos Gerais'.  

O público-alvo é formado por trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) envolvidos em ações de enfrentamento do Trabalho Infantil da Proteção Básica e Proteção Especial dos municípios da região dos Campos Gerais. Além de Ponta Grossa, confirmaram presença representantes de Ivaí, Palmeira, Castro, Porto Amazonas, Ortigueira, São José dos Pinhais, Reserva, São João do Triunfo e Curitiba.  As inscrições já foram encerradas porque o número de participantes superou as 60 vagas disponibilizadas inicialmente pela organização do evento, que será realizado no período da manhã e da tarde, no Planalto Select Hotel.

De acordo com a diretora do Departamento de Proteção Especial da Faspg, Thais Verillo, o trabalho infantil se concentra em atividades de difícil fiscalização e informais, na agricultura familiar, no aliciamento pelo tráfico, em formas de exploração sexual, no trabalho doméstico, nas ruas (venda, reciclagem) e em atividades produtivas familiares. “Essas formas de trabalho são naturalizadas ou invisíveis. Muitas vezes sequer são percebidas como trabalho infantil pela sociedade ou até mesmo por gestores públicos”, afirma a diretora.

A presidente da Fundação de Assistência Social de Ponta Grossa, Tatyana Denise Belo, ressalta que além de dar visibilidade ao tema, o evento tem como propósito discutir a realidade de cada município, suas dificuldades e ações estratégicas para o combate do trabalho infantil na nossa região. “A intenção também é de divulgar essa violação de direitos vivenciadas por crianças e adolescentes, buscando chamar a atenção da sociedade quanto aos riscos e consequências do não enfrentamento ao Trabalho Infantil”, finaliza a presidente.

Com informações da Assessoria de Imprensa

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE