Prefeitura de Carambeí decreta ‘Toque de Recolher’

Campos Gerais

12 de janeiro de 2021 18:26

Afonso Verner


Relacionadas

Quatro novos casos de Covid-19 são confirmados em Palmeira

Investimentos no setor de bebidas estimulam o Paraná

Carreta 'empina' e imagem assusta motoristas

Iniciada a vacinação contra a Covid-19 em Palmeira
Reserva aplica primeiras doses da vacina contra a Covid
Municípios da região recebem novas viaturas da PM
Piraí do Sul discute propostas para setor de infraestrutura
Decisão foi tomada pela prefeita Elisangela Pedroso (PSB) nesta terça-feira (12) Foto: Arquivo JM
PUBLICIDADE

Prefeita Elisangela Pedroso (PSB) decidiu determinar toque de recolher na cidade até o próximo dia 26 de janeiro

A prefeita de Carambeí, Elisangela Pedroso (PSB), decidiu determinar um toque de recolher na cidade para combater o contágio pela covid-19. A determinação da gestora foi exposta em um decreto e divulgada em uma live transmitida pelas redes sociais da Prefeitura (clique aqui para conferir). Nela, Pedroso expõe os motivos que a levaram a determinar as ações de combate à doença no município.

O primeiro decreto da nova administração municipal, liderada por Elisangela, prevê medidas de combate à covid-19  e foi assinado nesta terça-feira (12). O documento elenca medidas que foram acordadas entre o Poder Executivo e representantes da sociedade civil organizada. 

No Decreto 06/21 estão o toque de recolher, das 23h às 5h, e outras determinações como ocupação de no máximo 50% em locais como igrejas, academias, restaurantes e afins. O Decreto com vigência de 13 a 26 de janeiro, ainda, estabelece medidas específicas para cada segmento.

O mesmo decreto prevê ainda que alguns estabelecimentos poderão funcionar 24h por dia, como estabelecimentos de postos de gasolina e farmácias. “Casas noturnas e restaurantes poderão funcionar com 50% da capacidade, com distanciamento e respeito ao horário permitido”, disse Elisangela. A transmissão também contou com a participação de um assessor jurídico da Prefeitura.

O decreto é acompanhado de um anexo que tem regras para cada segmento e atividade comercial. “A proposta principal é evitar aglomerações e combater o contágio à doença”, disse a prefeita. “No caso das empresas, pedimos preferência para reuniões online para evitar o contato presencial”, disse. 

No caso de mercados e mercearias, há uma orientação de atendimento preferencial até às 11h para pessoas do grupo de risco. Carambeí soma 16º mortes causadas pela covid-19 e os pacientes da cidade, com maior gravidade, são transferidos para o Hospital Universitário (HU-UEPG), em Ponta Grossa. 

PUBLICIDADE

Recomendados