Estado regulamenta selo para agroindústrias familiares

Agronegócio

13 de março de 2020 12:40

Agência Estadual de Notícias


Relacionadas

Região produzirá 3,3 mi de toneladas na safra de verão

Paraná deverá produzir 41,2 milhões de toneladas de grãos

Agricultura familiar sustenta programas sociais no Paraná

CNA orienta produtores sobre o coronavírus pelo Whatsapp
Castrolanda tem novo Diretor Executivo
Agronegócio é responsável por 33,9% do PIB paranaense
Produção de soja na região deverá ser a maior da história
O programa é destinado especialmente à agroindústria familiar e às de pequeno porte Foto: Reprodução/AEN
PUBLICIDADE

Com o selo Susaf-PR, indústrias de pequeno porte e da agricultura familiar da Região Sudoeste poderão comercializar produtos fora de seus municípios

O vice-governador Darci Piana assinou nesta sexta-feira (13), em Francisco Beltrão, decreto que regulamenta a lei 17.773/2013 que instituiu o Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte do Paraná (Susaf-PR).

Com esse selo, produtos industrializados coloniais (derivados de carne, leite, pescado, ovos e mel) podem ser vendidos livremente entre os municípios do Estado. Francisco Beltrão é sede nesta sexta-feira da sede administrativa do Estado.

O programa é destinado especialmente à agroindústria familiar e às de pequeno porte. Para que os estabelecimentos recebam o selo Susaf-PR precisam estar registrados nos Serviços de Inspeção Municipais (SIM). Até então, se quisessem vender fora dos municípios de origem, os estabelecimentos precisariam estar registrados no Serviço de Inspeção Estadual - SIP/POA.

Segundo o vice-governador, a regulamentação significa um apoio institucional do Estado para que os pequenos produtores da Região Sudoeste possam se desenvolver, ampliando possibilidades de comercialização dos produtos. “É o fortalecimento do nosso agro. Um apoio para que as comunidades locais possam gerar emprego e renda", disse Piana. “Por determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior, o Governo do Estado procura estar cada vez mais próximo das pessoas”, acrescentou.

O Susaf-PR compreende um conjunto de ações de inspeção sanitária e de fiscalização dos produtos oriundos da agricultura e agroindústria familiares, de produção artesanal e de agroindústria de pequeno porte. O sistema é constituído pelo conselho gestor, câmara técnica e serviço de inspeção municipal ou consórcio de municípios.

O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, destacou a necessidade de a agroindústria familiar ser indicada por um bom serviço municipal de inspeção ou por um consórcio de municípios. “Esse é um grande estímulo à agricultura familiar paranaense”, disse. “O horizonte comercial de uma agroindústria não é mais só o município, pois o consumidor é o mesmo onde quer que esteja”.

Caberá ao conselho gestor, composto de 12 membros de órgãos públicos e privados, entre outras funções, a proposição de recomendações e instruções técnicas, além de parcerias que facilitem o cumprimento dos objetivos.

O decreto estabelece que os produtos provenientes de municípios ou consórcios de municípios participantes serão identificados por selo próprio do Susaf/PR reproduzido em suas embalagens ou rótulos.

“Esperávamos por muito tempo essa regulamentação. Vai permitir aumentar o raio de ação, levando um produto de qualidade para outros municípios”, afirmou Claudemir Roos, presidente da Associação dos Produtores de Queijo Artesanal do Sudoeste do Paraná (Aprosud-PR).

De acordo com ele, a entidade representa 19 produtores locais, processando em torno de 200 mil litros por mês.

Presenças – Estiveram presentes no ato de instalação da sede do Governo os secretários Guto Silva (Casa Civil), Sandro Alex (Infraestrutura e Logística), Norberto Ortigara (Agricultura e Abastecimento) e Valdemar Bernardo Jorge (Planejamento e Obras Estruturantes); o deputado federal Vermelho; os deputados estaduais Nelson Luersen, Luiz Fernando Guerra, Wilmar Reichemback, Paulo Litro e Luciana Rafagnin; o diretor-presidente da Cohapar, Jorge Lange; o diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado; o diretor-presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves; o diretor-geral do Detran, César Kogut; o presidente da Amsop e prefeito de Salto do Lontra, Maurício Baú; o presidente da Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão, Carlos Kniphoff; o presidente da Associação Empresarial de Francisco Beltrão, Tarsizio Bonetti; além de lideranças dos municípios da região.

PUBLICIDADE

Recomendados

IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização